Ciúmes: Para quê?

O ciúme é um sentimento natural, pois toda pessoa que ama tem (em certo grau) medo de perder a pessoa amada. O problema passa a ocorrer quando esse sentimento passa a dominar a relação e acaba desestruturando a vida e a relação amorosa.

Segundo o dicionário, ciúme é um estado emocional complexo que envolve um sentimento penoso provocado em relação a uma pessoa de que se pretende o amor exclusivo; receio de que o ente amado dedique seu afeto a outrem.

Assim, quando a pessoa se sente ameaçada em relação ao seu espaço de importância na relação, sente-se insegura e intranquila.

Mas se pensarmos em um princípio autorregulatório, ou seja, que esse estado emocional (tão comum nos seres humanos) tem uma função? E se pensarmos que ele pode estar, na verdade, querendo revelar sentimentos e estados emocionais e psíquicos subjacentes? Dessa forma, QUAL SERIA A FUNÇÃO DO CIÚME NA SUA VIDA?

 

Algumas possibilidades:

depositphotos_25726929-stock-photo-two-women-arguing

  •  Revivendo experiências do passado – casos em que situações do presente automaticamente trazem à memória experiências de traição do passado. Nesses casos o ciúme poderia indicar que o episódio que ocorreu em outro momento da sua vida não foi totalmente ressignificado ou elaborado dentro de você.

As experiências do passado deixaram uma marca tão forte que qualquer situação que possa gerar o fato no presente aciona essas memórias e marcas de dor. Por isso, dar um novo significado ao episódio vivido anteriormente é fundamental para que se possa viver a relação presente como ela realmente é.

 

  •   Repetição de padrões- os modelos de relação amorosa que foram vivenciados na família de origem (pais/responsáveis) servem como modelo para relações na fase adulta (seja para repetir ou fazer o extremo oposto). Trata-se de um aprendizado. É claro que essas influências acabam fazendo parte de quem somos, mas quanto mais você se der conta de que as histórias vividas em outra época e por outras pessoas são experiências delas e não suas, melhor será para que dentro de você haja a percepção de que você é uma pessoa única e sua história de vida também.

 

  •   Problemas de autoestima- quanto menor nossa autoestima, maior a necessidade de aprovação e valorização por parte de outra pessoa. Funciona como um buraco sem fundo, onde precisamos de reafirmação do nosso valor o tempo todo. O ciúme em excesso aqui sinaliza insegurança, que é fruto do baixo nível de amor próprio.

autoestima

 

  • Tendência à se comparar com outra pessoa- muitas vezes a pessoa amada nem está agindo de forma inapropriada com uma outra pessoa. Mas ao olhar e se comparar, a impressão é que seu parceiro está em seu íntimo comparando você à outra pessoa. Outro sinal de baixa autoestima. Lembre-se: o que te faz ser quem é não é apenas a aparência física, você é um conjunto e todo esse conjunto te torna ÚNICA e ESPECIAL!

casal-conversando

 

  • Falta de diálogo – deixar claro aquilo que você permite ou não na relação é fundamental. Por isso, conversar com o parceiro sobre comportamentos que considera inadequado é saudável para estabelecer os limites de cada um. É possível que o parceiro esteja realmente passando do limite e, nesse caso, é preciso falar.

por que os homens olham outas mulheres.jpg

 

  • O sedutor – existem casos em que a pessoa gosta de gerar ciúmes ou realmente estabelece relações extraconjugais.  É preciso pensar se é realmente esse tipo de relação que busca em sua vida ou quais fatores que te prendem à essa relação (econômico, familiar, dependência emocional etc).

 

Sei que é novo pensar sob essa perspectiva. Como assim o ciúme pode ter uma função? Mas baseado em um princípio de Autorregulação Organísmica, quando observamos para além do comportamento e olhamos a função do sentimento, poderemos entender mais de nós e dar novos sentidos ao sentimento. Pense nisso!pensando-no-rosto-emoji_1319-430

Mas e nos casos em que o ciúme é fruto de transtornos, ou seja, ele é PATOLÓGICO? Vamos falar sobre Ciúme Patológico no próximo post. Até lá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s